13.6.18

Enfim...!

Comecei a ler e pensei, olha, mais um que parte antes da hora.
Não morreu fisicamente, mas outra morte o aniquilou.
O mundo está cada vez mais perigoso!

"As manhãs da Antena 1 estão mais pobres. António Macedo, um dos grandes nomes da rádio portuguesa, o homem que, com a sua cultura, conhecimento e humor preenchia há longos anos as melhores manhãs da rádio pública, desapareceu dos microfones. A voz do ‘Programa da Manhã’ da estação pública, do qual era também autor e realizador, desvinculou-se segunda-feira de todas as suas funções. António Macedo, uma referência absoluta da rádio tinha um conflito em tribunal com a RTP. Motivo? Tem 67 anos e estava há 15 anos a trabalhar a recibos verdes. Isto é, na condição de precário.
Precária está uma empresa ou o mundo onde estas precariedades são o novo normal. "

4 comentários:

  1. Gosto muito do locutor António Macedo, conheço-o há muitos anos. Este conflito laboral (o termo faz-me rir) surge quase do nada. Não, António, a culpa não é toda do grupo RTP. Ou já te esqueceste que foste tu que sugeriste essa condição? Sim, essa dos recibos verdes?
    Somos do mesmo signo, camarada. As coisas têm que ser contadas como são e não como nos dá jeito.
    Não ponho de parte a culpa do grupo RTP mas não é bem assim.

    Olha, Célia, fico por aqui antes que me exceda no comentário.

    Beijo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. António, sobre a situação concreta que referes não posso opinar. E o que escrevi, o essencial da notícia, está entre aspas por, obviamente, não ser da minha lavra.
      Tácito ou não, trata-se de uma situação laboral inaceitável.
      Beijo, A

      Eliminar
  2. Ouvi a notícia ontem
    Tantos anos a recibo verde??
    Isso é abuso, caramba!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É abusivo e é tanto mais condenável quanto se trata de uma instituição como a RTP.
      Fala-se em 100 mil euros de indemnização.

      Eliminar

Conte...