3.7.17

Boa! O Municipio agradece.




4 comentários:

  1. Tudo que seja grandes investimentos, e criação de empregos, sobretudo no interior, é de aplaudir.
    Boa semana

    ResponderEliminar

  2. Deviam ser mais específicos, porque me despertou a curiosidade. Vacinas? Soros? Que tipo de químicos? Empregos para quantas pessoas?
    Bom, mas é de louvar que se invista em zonas menos povoadas.

    Vias parentéricas - introduzido na corrente sanguínea.
    Eu que não gosto de comprimidos ou charopes, até gostaria que tudo o que fosse «cura» viesse em dose direta para a corrente sanguínea de uma só utilização. Mas não é assim que as coisas funcionam. nem tão pouco é assim que se gera negócios. Enfim... devaneios cá meus.

    PS: Passei por cá para a convidar a passar pelo meu estaminé e lá deixar a sua marca num poste de luz propositadamente criado para o propósito ;).

    ResponderEliminar
  3. Sim, Pedro, o que o nosso país precisa é de investimentos.
    Bom domjngo

    ResponderEliminar
  4. Portuguesinha, talvez na página dos Laboratórios Basi, que são muito conhecidos e com largo espectro de actuação na indústria farmacêutica, consiga obter essas informações.

    http://www.basi.pt/webbasi/portefolio/areas.aspx

    Quanto ao número de empregos, o jornal de Negócios informa.


    http://www.jornaldenegocios.pt/empresas/detalhe/financiamento-do-plano-juncker-aos-laboratorios-basi-cria-109-empregos-em-viseu-

    "De acordo com um comunicado de Bruxelas, o dinheiro servirá para "financiar o desenvolvimento de uma nova unidade de produção para o fabrico de produtos de uso medicinal, nomeadamente soluções parentéricas, no município de Mortágua, distrito de Viseu". Bruxelas estima que este investimento financiado pelo BEI "venha a criar 109 novos postos de trabalho no distrito de Viseu"."

    Estes Laboratórios já estão aqui implantados e dão emorego a muita gente e, pelo visto, esta vai ser uma nova unidade de produção.

    Sim, é muito bom este tipo de investimentos. Esta zona encontra-se a pouco mais de meia hora, de carro, de Coimbra e de Viseu e colada ao Buçaco. E a menos de 1 hora do Oceano Atlântico . Ou seja, não é propriamente uma zona despovoada ( sê-lo-à em oposição às amontoados populacionais das cidades ) ou perdida nas berças. 😀😀
    Tenho casa em duas cidades, mas é aqui que eu prefiro ficar mais tempo.
    Ok,irei seguidamente visitar o seu "solar"

    ResponderEliminar

Conte...