23.10.16

25ª Hora.

"É a vigésima quinta hora, a hora em que é tarde demais para ser salvo, tarde demais para morrer, tarde demais para viver. É tarde demais para tudo."
(Virgil Gheorghiu, in, 25ª Hora.)


Não há vidas suficientes que possam justificar tantas, mas tantas atividades de manhas, de artimanhas, de corrupção, de teias de interesses obscuros. O homem não tinha sequer tempo para exercer as suas funções governativas!
Tanta m...da a dar à costa, dia sim, dia não, nos missais do costume, aborrece qualquer pessoa de bom senso que se questiona sobre quando finalmente se coligem provas passíveis de levar Sócrates à barra do tribunal.
Esta guerrilha contínua, que serve apenas para cozer em lume brando a diabolização do homem, começa a ter contornos patológicos e a gerar cansaço do público, bem como um efeito contrário.
Eu acho que se Sócrates convidasse esta senhora para um fim de semana romântico, num lugar paradisíaco, talvez ela acalmasse.
É um amor visceral! 

(do iz not me iz you)

2 comentários:

  1. Queria ver esta novela interminável ter um ponto final.
    Mas temo bem que se vá arrastar ainda por muito tempo.
    Boa semana

    ResponderEliminar
  2. Penso que irá cair, tal como os figos pecos caem da figueira, sob a poalha do tempo, sem pena nem glória.
    A justiça é a base da sociedade. Culpado ou não, que se resolva o assunto!
    Boa semana.

    ResponderEliminar

Conte...