6.8.16

Estavas tu, Célia, posta em sossego...

Estavas, tu, Célia, posta em sossego,
Da tua praia colhendo doce fruito,
Naquele engano da alma, ledo e cego,
Que a fortuna não deixa durar muito...
E não é que não durou mesmo?
Primeiro chegou uma que estendeu a toalha a duas braçadas de mim e com imenso areal à esquerda e à direita.
De seguida, escutei outra a berrar para a primeira a partir do passeio da marginal E eu ali a sofrer com a ponte sonora. Veio a falar alto ao longo do percurso que a separava da amiga. Chegou e abolastrou-se. E porque não há duas sem três e tendo este número qualquer coisa de iniciático, surgiu outra, também esta muito eufórica. Muito prolixa! E o trio que não é O De Mira, porque a praia é outra, tem estado a fazer uma incursão pelas receitas culinárias,  rissóis, chamuças, fêveras panadas, imensos afazeres domésticos, por entre "tôs" para atender os telemóveis que não param de "estridenciar" o ambiente....enquanto se besuntam todas, prontinhas a ir para o espeto. E largam muitas gargalhadas que voam em direção ao Cabo Mondego e se alapam na encosta da Serra da Boa Viagem.
Ah...que saudades das doces fadas do lar, tapadinhas debaixo dos chapéus, ou dentro das barracas, escondidas de olhares alheios, enquanto bordavam tapetes de Arraiolos, ou faziam o seu croché e trocavam de amostras! Querubins!
Nada disso! Debaixo do sol, nem se foge, nem se morde o anzol, porque há uma nova vida, contrariando, assim,  a letra da canção.
Neste preciso momento, já não sou um istmo. Sou uma ilhota rodeada de toalhas. Mas pior, pior mesmo, são os acampamentos índios: Vários chapéus, rodeados por muros de pano e montes de gente lá dentro, muitas crianças que gritam a toda a hora(benditas sejam elas!) e uns pares de obesos. 
Há quem lhe chame condomínios fechados! Qualquer dia ainda irão ter a Autoridade Tributária à perna, já que nem a venda de bolas de Berlim  na praia se safa. Mas devem ser bocas da trupe da caranguejola!
😃😃😃 




2 comentários:

  1. ...E que tal recolher a toalha e ir passear à beira-mar?

    Não sei o que deu ao pessoal este ano, parece que foi tudo para a mesma praia...seja ela qual for. Bem faço eu que fico em casa, até ver!!
    Bom resto de verão, Célia...que o sossego volte depressa ao seu aconchego!

    :)

    ResponderEliminar
  2. Não podia! Esperava que o senhor meu marido chegasse! :-)
    Não somos muito de "estar" na praia e prefiro dar caminhadas pelos imensos passadiços que foram feitos ao longo da praia, entre Buarcos e Figueira da Foz.
    Sim, há muita gente nas praias este ano. É a canícula a empurrar!
    Bom verão, Janita.
    Obrigada.
    :-)

    ResponderEliminar

Conte...