10.5.16

O inclemente D. Manuel Clemente

Ora aí estão, uma vez mais, os interesses espúrios de uma igreja que, desde os tempos mais remotos, sempre andou de mão dada com a tirania nacional.
Tantos são os exemplos quantos os séculos que levamos como nação.
Já em 1871, Antero de Quental punha a nu a ação nefasta do catolicismo como uma das causas da decadência peninsular:

"O cristianismo é sobretudo um sentimento: o catolicismo é sobretudo uma instituição. Um vive da fé e da inspiração: o outro do dogma e da disciplina. Toda a história religiosa, até ao meado do século XVI, não é mais do que a transformação do sentimento cristão na instituição católica."

O que D. Clemente, corifeu de uma igreja retrógrada, diz, deixa-nos estupefactos!

D. Manuel Clemente: Pais de crianças do privado “também financiam as escolas estatais” 


Já agora, por que não abranger o  superior privado?



                                                                                                                     (foto da internet)

4 comentários:

  1. Estão habituados a mamar e reagem quando lhes tiram a teta...
    Até há pouco tempo nem impostos pagavam. Já Pagam?

    ResponderEliminar
  2. Palavras de Clemente, não chegam ao céu.
    Beijo, C

    ResponderEliminar
  3. Não sei se já pagam impostos, José,sei é que se acha que se deve respeitar a liberdade dos pais na escolha da escola para os filhos e dar-lhes uma educação religiosa, e tendo em conta que o estado é laico, isso implicaria que o mesmo estado tivesse de subsidiar escolas de outros credos religiosos, assim lho exigissem.

    ResponderEliminar
  4. Chegam, chegam, António! Até o Jornal de Notícias trazia ontem um grande poster grátis da "nossa" senhora de fátima. Isto anda tudo ligado...a beatice saiu à rua em lingerie amarela!
    Beijo, A

    ResponderEliminar

Conte...